Social Media

Hoje a rede social se define em Facebook, Instagram, Snapchat e Twitter, os demais são compartilhados mas não gera efeito significativo. O Snapchat é pessoal, a estratégia é particular, opinamos em forma de consultoria. Nos três sistemas de rede social agimos da seguinte forma:

– Estratégia de marketing direcionado.
– Criação de promoções e incentivos para conquista de seguidores.
– Temos interessantes e criativos para atrair interesse público.
– Consultoria de estratégias.
– Aplicativos e sistemas atrativos vinculados a rede social, com temas e brincadeiras de entretenimento e descontração, atraindo a atenção a rede social.
– Monitoramento e resposta em tempo real a dúvida de clientes.
– Macetes de expansão de views para atrair maior público.
– Códigos populares vinculado ao tipo de tema para atrais seguidores.
– Publicação em grandes grupos na rede social.
– Viralizar conteúdo.
– Apresentação do produto com textos atrativos.
– Captura de parceiros interessantes.
– Parceria de publicação com grandes Fan Page e Instagram.
– Arte e design, perfil, logo, capa e Instagram

Veja algumas dicas e regras abaixo:

Se você acredita que alcançar milhares de fãs, curtidas e seguidores nas mídias sociais é sinônimo de sucesso, é melhor mudar seus conceitos sobre o que é uma estratégia bem sucedida nesses canais, em especial para PMEs.

Números imponentes impressionam, mas podem enganar: nem sempre contribuem para o que importa de fato e, ao final, você prefere focar em seguidores ou em vendas? Para ajudar a desmitificar o tema, trouxe cinco sugestões para nortear um uso efetivo de mídias sociais:

1 – Esteja onde seu público está

Parece óbvio, mas muitos pulam essa etapa. Não adianta estar no Facebook, Youtube, Twitter e Instagram apenas porque são as redes do momento e que todo mundo comenta. Se você já sabe quem são as pessoas do seu negócio, descubra quais canais elas usam. Converse com seus clientes e potenciais clientes para conseguir essas informações. Esse esforço inicial evita trabalho jogado fora e garante alcançar exatamente quem você quer.

2 – Tenha em mente uma palavra: resultado
É legal receber curtidas, retuites e compartilhamentos, mas essas ações precisam trazer retorno para a sua empresa. Estruture suas mídias para que sejam canais de entrada para o seu site e blog, e que gerem Leads e vendas.

Publicações para posts no blog da empresa e divulgação de ofertas atrativas (como eBooks e webinars) em páginas de conversão são boas opções para atrair o público e gerar uma ação desejada. Vá além das imagens bonitinhas de “Bom dia” que podem ganhar vários Likes, mas pouquíssimo resultado concreto de negócio.

3 – Mantenha consistência no conteúdo
Seus seguidores assinam esses canais porque têm expectativas com o conteúdo que vão receber por ali. Por isso, é importante oferecer sempre conteúdo relevante, de qualidade e, principalmente, relacionado ao seu negócio.

Mas atenção: é preciso publicar sobre o que o usuário quer ouvir e não sobre o que a empresa quer falar. Forçar a barra e ficar só tentando vender seus produtos/serviços por esse canal tende a não funcionar.

4 – Tenha alguém responsável pelas mídias sociais

Para garantir a qualidade é preciso que haja um responsável por ser o dono dos canais da empresa. Essa pessoa fará com que as boas práticas sejam cumpridas, como por exemplo frequência, qualidade do conteúdo, além de responder de forma rápida e efetiva qualquer interação dos usuários.

5 – Arte

Oferecemos designers gráficos para que tenha uma imagem de impacto, algo notório que chame a atenção, isso se tornou um grande diferencial usado por poucos na rede social.

6 – A última dica que deixo é o uso de mídia paga

Seviços como Facebook Ads e LinkedIn Ads podem ajudar a impactar um público maior, em especial naquelas publicações com objetivos de retorno bem definidos de Leads ou vendas.

Com essas dicas você justifica os investimentos nas mídias sociais e escapa da armadilha das métricas de vaidade.